O método das temperaturas

O que é o método das temperaturas?

Um facto fisiológico bem conhecido é o de que, quando se dá a ovulação, surge um ligeiro aumento da temperatura corporal durante vários dias.

Se a mulher tirar diariamente a temperatura a partir do fim da menstruação pode identificar o seu dia da ovulação, ao verificar um aumento de duas décimas durante três dias consecutivos, em relação com as seis leituras precedentes. Como anteriormente se disse, o período de tempo depois da ovulação no qual a mulher pode ficar grávida é de dois ou três dias: então, pode dizer-se que a partir do quarto ou quinto dia depois da subida da temperatura, e até à menstruação seguinte, existe um período não fecundo em que se podem ter relações sexuais com uma possibilidade mínima de gravidez.


Qual é a eficácia do método das temperaturas na regulação da natalidade?

A sua eficácia como método para a regulação da natalidade é superior ao método do ritmo, oscilando entre 5 a 7 os fracassos de gravidez por cada 100 mulheres ao ano. Os fracassos são devidos a que. em certas ocasiões, existem outras circunstâncias que podem fazer subir a temperatura da mulher e consequentemente dificultar a determinação do dia certo da ovulação. Por outro lado, a abstinência nas relações sexuais é necessária durante todo o período pré-ovulatório e, consequentemente, os períodos de abstinência sexual são longos.

(in La reprodución Humana y su Regulación, de Justo Aznar Lucea e Javier Martínez de Marigorta)