Textos sobre métodos artificiais para não ter filhos

Nesta página encontra-se a lista de todos os textos que existem neste lugar especificamente sobre métodos artificiais para evitar a gravidez.

Que tipos de métodos existem para regular a fertilidade humana?

Pode dizer-se, duma forma geral, que para regular a fertilidade humana existem dois grandes tipos de métodos: os artificiais e os naturais . Os artificiais são aqueles que introduzem qualquer manipulação externa no acto sexual, ou no processo reprodutor, com a finalidade de tornar estéril aquele acto. Os naturais são...

Avaliação dos métodos contraceptivos artificiais

Quais as consequências gerais mais imediatas da utilização dos métodos contraceptivos? A introdução da “pílula” no ano de 1956, como meio para regular a fertilidade humana, originou umas das convulsões sociais mais importantes do nosso século, ao abrir a porta à revolução sexual que se iniciou pelos anos...

Métodos impeditivos – o preservativo

Que são os métodos anticoncepcionais impeditivos? Por métodos anticoncepcionais impeditivos entende-se aqueles que têm como fundamento interpor uma barreira mecânica entre os óvulos e os espermatozóides, impedindo assim a possibilidade da sua união. Quais são os métodos impeditivos mais utilizados? Os mais utilizados...

Contracepção uterina – o Diu

O que é a contracepção uterina? A contracepção uterina consiste na possibilidade de colocar no interior do útero um dispositivo (DIU) que tem como objectivo principal produzir uma modificação do endométrio, para dificultar a nidação do óvulo fecundado. Qual é o mecanismo de acção do DIU? O DIU é uma espiral de cobre...

Métodos contraceptivos hormonais

A que nos referimos ao falar de métodos hormonais? Ao falar de métodos hormonais estamo-nos a referir a uma série de métodos contraceptivos que consistem na administração de diferentes tipos de hormonas. O que é a chamada “pílula”? Em geral chama-se “pílula” a uma série de fármacos...

A pílula

Como actua a “pílula”? Os contraceptivos hormonais de tipo combinado (estrogénios e gestagénios) que, como dissemos, são os mais utilizados, assim como os gestagénios isolados em doses altas. actuam fundamentalmente inibindo a ovulação: modificando também o endométrio (parede interior do útero) e...

Voltar ao topo